terça-feira, 8 de Novembro de 2011

Novos Cubesats em órbita

Há mais Cubesats em óribta e a operar em frequencias de radioamador desde outubro, após o lançamento, com sucesso, de um fogetão a partir da base da Força Aére norte americana de Vanderberg, na Califórnia e outro na Índia.

O Aubiesat, entretanto renomeado AO-71, opera uma radiobaliza que envia telemetria das experiências a bordo na frequência de 437.450Mhz, em CW.



Por seu lado, o MCUBED transmite telemetria a 9600bps GMSK nos 437,4850Mhz e poderá enviar imagens em frequênca e modo ainda por determinar, se houver tempo após a realização de todo os objectivos primários.

Da mesma "fornada" saiu ainda o Explorer 1 Prime, a transmitir telemetria nos 437.5050Mhz (1200 bps FSK) e  o RAX2 (437.3450Mhz, 1200 bps FSK).

Adicionalmente, encontram-se também em óribta o SRMSAT e o JUGNU, os dois projetos Cubesat indianos, a transmitir FSK 1200bps nos 437.4250Mhz e 437.2750, respetivamente.

fonte: AMSAT


quarta-feira, 19 de Outubro de 2011

Keps atualizados

Elementos orbitais atualizados pela AMSAT-NA para vários satélites de interesse ao radioamador.


fonte: AMSAT-NA

quinta-feira, 13 de Outubro de 2011

Dois novos sats em órbita

Já estão em órbita e a funcionar os dois novos nanosatélites da India, que ontem foram lançados por um foguetão PSLV-C18, por volta das 05:30UTC.



Ambas as naves são projetos de duas universidades indianas que utilizam a banda dos 70cm amadora para o envio de telemetria e radiobaliza. O SMRVS, da Universidade SRM vai estudar os efeitos de gases de estufa e transmite na frequência de 437.4250Mhz.

Por seu lado, o Jugnu, da Universidade de IIT Kanpur, transmite telemetria nos 437.505Mhz e CW nos 437.275Mhz.

De acordo com os relatos de vários radioamadores, os sinais de ambos os satélites estão a ser escutados em boas condições.



fonte: SpaceSat e AMSAT-UK

JOTA no Espaço

O Jamboree no Ar (JOTA) que se realiza no fim de semana de 15 e 16 de outubro vai contar com algumas atividades relacionadas com o Espaço, com especial destaque para a participação de Mike Fossum (KF5AQG) a partir da Estação Espacial Internacional.



Durante várias pausas no seu horário de trabalho, o astronauta norte-americano irá realizar contatos através do sistema de comunicações VHF da ISS que, relembramos, opera nos 145.800Mhz downllink e 145.200 uplink.

Por seu lado, a equipa de controle do Arissat-1 está a realizar um concurso CW e vários grupos e clubes estão a planear contatos entre estações JOTA através deste e outros satélites, incluindo o AO-51.

fonte: ARRL
imagem: W5FFP 

quarta-feira, 12 de Outubro de 2011

Projeto KickSat, o satélite pessoal


Uma proposta intrigante está a ser feita por um aluno de engenharia aeroespacial da Universidade de Cornell que, se receber fundos suficientes, permitirá pôr em órbita centenas de minúsculos satélites denominados Sprite.



O objetivo principal será o de diminuir drasticamente os elevados custos associados à exploração espacial e, assim, permitir o acesso ao espaço a centenas de indivíduos e instituições, graças a um desenho de nave espacial que cabe, literalmente, na palma da mão.

O projeto está em fase de angariação de fundos no Kickstarter.com, onde é possível apoiar esta excelente ideia a partir de um dollar.

domingo, 25 de Setembro de 2011


Elementos orbitais (keps) publicados pela AMSAT-NA referentes a satélites de interesse ao radioamador.



AMSAT verbose 
NASA 2-line
NASA bare (Orbiton)

fonte: AMSAT-NA

Concurso EME via WebSDR

O concurso EME que se realiza hoje, entre as 8:00h e as 15.00h UTC pode ser escutado online do radiotelescópio de Dwingeloo, na Holanda.



Este sistema consiste em dois recetores SDR Funcube, ligados à parabólica de 25 metros de diâmetro do radiotelescópio holandês. Os rádios escutam a porção EME das bandas de 70 e 23cm:

http://websdr.camras.nl:8901/




segunda-feira, 19 de Setembro de 2011

Satélite vai cair na Terra entre quinta e sábado em local desconhecido - Mundo - PUBLICO.PT

Satélite vai cair na Terra entre quinta e sábado em local desconhecido - Mundo - PUBLICO.PT


Um satélite da NASA vai cair na Terra entre quinta-feira e sábado. O aviso vem da Agência Espacial Norte Americana que está a monitorizar diariamente a aproximação da máquina não comandada de nome UARS, e ainda não sabe em que região do mundo vai cair. A probabilidade de alguém ser atingido e morrer devido à queda do UARS é de um em 3200, menor que 0,05 por cento.

domingo, 18 de Setembro de 2011

Satélite espião KH-9 "exposto"

Durante um dia, e um só dia, visitantes do National Air and Space Museum, em Washington, DC, tiveram a rara oportunidade de ver de perto um satélite espião norte-americano que, até à data, fazia parte dos segredos mais bem guardados das agências de espionagem daquele país.



O KH-9, que foi utilizado nas décadas de 70 e 80 em missões de vigilância, mede quase 20 metros de comprimento e cerca de 3 metros de diâmetro e as suas câmaras utilizavam filme fotográfico. A película era depois enviada de volta á Terra numa das suas quatro cápsulas de reentrada e estima-se que durante uma década em serviço, se realizaram perto de 20 missões.



fonte: Spaceref

sexta-feira, 16 de Setembro de 2011

Balão de alta altitude com payload HF

A missão 19 da North Texas Balloon Project, que tem data prevista de lançamento para amanhã, dia 17, a partir das 8:30 horas (Texas, EUA) ou 13:30 de Portugal, vai transportar um sistema de telecomunicações VHF/UHF e uma radiobaliza na banda dos 10 metros.



O beacon consiste num transmissor de 1W, acoplado a uma antena loop desenhada para a frequência de operação, em 28.274 mhz, que poderá ser escutado por estações DX, particularmente agora, que as bandas altas de HF estão numa fase de boas condições de propagação.

O lançamento poderá ser seguido via twitter, através do endereço  Twitter@NTEXBP



quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

Contato via AO-7 de VA7ACG

Alexander Green, VA7ACG, mostra com se fazem vários contactos via AO-7:


fonte: VA7ACG (Youtube)

NASA apresentou o foguetão mais poderoso de sempre, para ir a asteróides e a Marte - Ciências - PUBLICO.PT

NASA apresentou o foguetão mais poderoso de sempre, para ir a asteróides e a Marte - Ciências - PUBLICO.PT


 A agência espacial norte-americana já escolheu como será o foguetão que vai levar astronautas para além da órbita próxima da Terra. Será o foguetão mais poderoso alguma vez construído, mais poderoso ainda do que o Saturno V, que levou o homem à Lua. Aliás, é o único que se pode comparar com o Saturno V, desde que o foguetão de Wernher von Braun foi aposentado, em 1972.

fonte: jornal Público

Dados orbitais

Novo set de elementos orbitais (keps) publicados pela AMSAT-NA referentes a satélites de interesse ao radioamador.



AMSAT verbose 
NASA 2-line
NASA bare (Orbiton)

fonte: AMSAT-NA

quarta-feira, 7 de Setembro de 2011

Prospero: ao serviço de Sua Majestade

Um grupo de cientistas universitários ingleses pretende restabelecer contacto com o Prospero, o primeiro e último satélite britânico ainda em órbita, 40 anos após o seu lançamento.



Na altura em que o Prospero estava preparado para a sua missão, o projeto de pesquisa espacial britânico Black Arrow já tinha sido cancelado mas os cientistas decidiram avançar com o  lançamento a partir de uma base situada na Austrália.



A nave britânica foi contactada esporadicamente ao longo dos anos mas a partir de 1996, a missão foi abandonada e o pouco que restava da equipa de técnicos foi desaparecendo.

A documentação original, que incluía os códigos de acesso e a planta dos sistemas electrónicos do satélite, sumiu com o tempo mas os cientistas ingleses, citados pela BBC, estão confiantes que poderão superar todas as dificuldades.

A pouca informação que existe sobre este satélite indica que o sistema de comunicações opera na frequência de 137.560Mhz, WFM.



terça-feira, 6 de Setembro de 2011

segunda-feira, 5 de Setembro de 2011

Acabaram-se as férias...

A equipa editorial do TCP volta hoje à “labuta”, depois de um breve mas bem aproveitado período de descanso. 



Desde o passado mês de agosto, o Arissat-1 tem estado no centro de todas as atenções dos entusiastas das comunicações espaciais e à volta do qual se têm gerado diversas atividades:

  • Através da AMSAT-NA, decorre até ao dia 15 de Outubro um concurso aberto a todos os radioamadores e rádio escutas em que se pretende, resumidamente, adivinhar ou calcular a data da re-entrada atmosférica do Arissat-1. Os detalhes sobre a atividade estão publicados no site de associação, na seguinte ligação: http://www.amsat.org/amsat-new/ARISSat/ARISSatContest


Noutras notícias, a missão Fox foi alvo de uma profunda restruturação que vai resultar na construção e lançamento de dois satélites, denominados Fox-1 e Fox-2. De acordo com a AMSAT-NA, o estado moribundo do AO-51 esteve no centro desta decisão e vai resultar no lançamento, em meados de 2013, do seu substituto direto, o Fox-1. Este primeiro satélite estará munido de um simples repetidor FM crossband similar ao do atual AO-51. O Fox-2 estará pronto para lançamento em 2015 e vai por em órbita um sistema de telecomunicações mais avançado, onde se destaca um transponder linear de nova geração.

  • Apesar da avançada idade, o OSCAR-11 ainda “dá cartas”, 27 anos após o seu lançamento. Apesar dos transponders estarem inativos há bastante tempo, o sistema de telemetria (145.825Mhz) continua a funcionar de acordo com um padrão de atividade de 10 dias, intercalado com outros 10 de inatividade. Clive Wallis, G3WV, mantém uma página web onde publica regularmente relatórios de atividade deste satélite: http://www.g3cwv.co.uk/oscar11.htm

  • A IARU aprovou recentemente alterações ao plano de banda HF da região 1 que resultam em algumas implicações para as comunicações via satélite na banda dos 10m. Sob a nova decisão, implementou-se um canal de guarda entre os 29.510Mhz e 29.520Mhz, destinado a proteger as emissões via satélite na faixa de 29.300Mhz  aos 29.510Mhz. Adicionalmente, ficou acordado o estabelecimento de uma faixa para comunicações FM Simplex, em canais de 10khz, entre os 29.100Mhz e os 29.200Mhz, de forma a evitar o uso de frequências na faixa de downlink do serviço de satélite para este fim.

sábado, 3 de Setembro de 2011

Estação Espacial Internacional pode ficar sem astronautas - Ciências - PUBLICO.PT

Estação Espacial Internacional pode ficar sem astronautas - Ciências - PUBLICO.PT



A Estação Espacial Internacional (ISS) corre o risco de ficar sem tripulantes nos próximos meses, depois da falha do foguetão russo Soiuz, que na semana passada causou a destruição de uma nave não tripulada com três toneladas de carga que rumava para a ISS.

Excesso de lixo ameaça satélites e astronautas - JN

Excesso de lixo ameaça satélites e astronautas - JN



O número de detritos que flutuam no espaço atingiu um "ponto crítico", ameaçando cada vez mais os satélites e os astronautas, alertam cientistas norte-americanos.

terça-feira, 16 de Agosto de 2011

Radar espacial escuta Perseides

A chuva de meteoritos Perseides, que atingiu o pico na noite de sexta para sábado passados, foi mais uma vez fonte de intensa actividade rádio, a avaliar pelos anúncios publicados nos clusters de contactos realizados principalmente na banda dos 6 metros.

O fenómeno foi igualmente detectado por radares espaciais europeus e norte-americanos, no último dos quais se registou o áudio do vídeo em anexo.




fonte: Space.com

sexta-feira, 12 de Agosto de 2011

Dados orbitais atualizados

Nova versão de dados orbitais (keplerian elements) atualizada com a informação do Arissat-1/Kedr, cortesia da AMSAT.




AMSAT verbose
NASA 2-line
NASA bare (Orbiton)

fonte: AMSAT